Sites Grátis no Comunidades.net
Crie seu próprio Site Grátis! Templates em HTML5 e Flash, Galerias em 2D e 3D, Widgets, Publicação do Site e muito mais!

Total de visitas: 42415
 
Reutilizar, qual o segredo?

Reutilizar, qual o segredo?

 

Descobre tudo sobre a Reutilização!

A Reutilização é uma atitude que se promove de uma forma bastante individual (ou no seio de pequenos grupos, como uma família), pelo que tudo aquilo que se possa produzir a partir de matéria usada, decorre meramente da imaginação, da necessidade de cada um e da finalidade que cada um lhe quer dar.

 

Problemas Parcelares abordados:

 

Ø O que é Reutilizar?

 

Ø Como Reutilizar?

 

Ø Que materiais podem ou não ser Reutilizados?

 

Ø Como e onde pode o comum cidadão, adquirir material reutilizável?

 

 

O que é Reutilizar?

Reutilizar consiste em usar um produto mais do que uma vez, sem que este sofra qualquer tipo de alteração ou processamento complexo (sendo apenas limpo) e independentemente do facto de se lhe atribuir a mesma função ou não. Ainda que não se encontre uma forma imediata para a reutilização, muitos produtos devem ser considerados como reutilizáveis devendo ser, por isso, guardados para um momento posterior.

O processo de reutilização pode ser levado a cabo de duas formas: reutilizando os produtos em casa (reutilização caseira/ doméstica) ou levando-os de novo à fábrica onde serão posteriormente reutilizados (reutilização industrial). No entanto, o tipo que iremos desenvolver mais é a reutilização doméstica, já que no caso da industrial, o processo de reutilização não está realmente nas nossas mãos.

Procedendo agora a uma análise comparativa com os outros 2 R’s, podemos aferir o seguinte: a reutilização é uma forma de redução, já que os produtos permanecem mais tempo em uso antes de serem descartados, sendo poupadas matérias-primas e energia; por outro lado a reutilização (neste caso industrial) é também um processamento que pode ocorrer sobre um determinado material após este ter sofrido reciclagem. Por exemplo, a matéria-prima resultante da reciclagem de determinados produtos sofre Reutilização Pós-Reciclagem.

 

 

  

Como Reutilizar?

Como já foi referido mais acima, existem inúmeras formas de reutilizar, dependendo da criatividade de cada um. O primeiro passo a dar quando queremos reutilizar um dado objecto, é reflectir sobre as nossas próprias necessidades individuais para que sejamos capazes de o transformar em algo que satisfaça a necessidade aferida, recorrendo à fértil imaginação e criatividade do Homem.

Iremos agora ilustrar alguns exemplos de como se pode reutilizar, de forma muito simples e rápida.

Se, por exemplo, tivermos em falta:

·        Caixas onde guardar algum tipo de objectos, podemos sempre reutilizar as caixas de bombons vazias e decorá-las a nosso gosto para o efeito.

·        Copos de secretária onde queremos colocar canetas, podemos reutilizar as latas de refrigerantes, cortar o topo e forrá-las com papel decorativo.

·        Papel, para fazer algumas anotações e rascunhos, podemos simplesmente reutilizar as folhas gastas em impressões e que normalmente vão para o lixo; assim evitamos o gasto desnecessário de papel novo.

·        Vasos onde colocar plantas, podemos reutilizar frascos em vidro de iogurtes.

 

Outros exemplos muito simples de reutilização:

·          O reenchimento de tinteiros de impressora.

·          A utilização de pilhas recarregáveis.

·          A utilização de todo o tipo de produtos não descartáveis, permitindo mais que uma utilização.

·          A colocação de garrafas de vidro usadas no vasilhame (disponível em muitos supermercados) para futuro reenchimento.

·          A doação dos brinquedos ou roupas que já não utilize a entidades de caridade ou a amigos, família, vizinhos e outros…

Atitudes como as acima descritas permitem dar uso a materiais aparentemente disfuncionais, o que é bastante positivo quer para o ambiente, quer para nós que poupamos com isso. A única condição é que temos de garantir as boas condições dos materiais que reutilizamos e no caso das embalagens, latas e garrafas de vidro, por exemplo, devemos lavá-las. Para certos produtos, existem recargas que permitem reutilizar os frascos e outros tipos de embalagem. Devemos também evitar ao máximo os produtos descartáveis, que para além de provocarem resíduos, são mais dispendiosos.

 

 

Que materiais podem ou não ser Reutilizados?

Na realidade, e ao contrário da reciclagem que implica uma selecção dos materiais que irão integrar o processo (dado que existem determinados materiais, como as pilhas, que não são susceptíveis de serem reciclados), todo o tipo de materiais pode ser reutilizado. Isto deve-se ao facto de a reutilização de materiais apenas pressupor das boas condições dos mesmos. Deste ponto de vista até mesmo uma barra de ferro oxidado pode ser reutilizada para dar origem ao mais variado número coisas, desde que seja retirada a “ferrugem” (que não se trata de uma alteração ou processamento complexo do material, mas sim de uma limpeza).

 

 

Como e onde pode o comum cidadão, adquirir material reutilizável?

         Sendo a Reutilização um conceito de carácter individual e associado a uma ideia de criatividade, o comum cidadão consegue adquirir material reutilizável em qualquer altura e em qualquer lugar. Tudo pode ser alvo de reutilização. Todo o objecto de se queira desfazer pode ser transformado noutro totalmente diferente e funcional. Assim sendo, nem é preciso sair de casa para construir algo com matéria usada. No entanto, para construções mais complexas e ambiciosas, que careçam de materiais que não tenha disponível em casa, pode sempre recorrer a sucatas, ferros-velhos, companhias de reutilização (pouco difundido em Portugal) ou até mesmo fábricas (que produzem desperdícios em grandes quantidades), já que neste tipo de espaços existe todo o tipo de matérias que poderá precisar.

De um ponto de vista mais solidário (pondo um pouco de lado o óbvio carácter ambiental) devemos cultivar em nós mesmos uma atitude importante que é a de doação de matérias, às quais já não damos utilidade, aos estabelecimentos já acima referidos (sucatas, ferros-velhos…) em vez do seu despejo no contentor de lixo comum. Ao fazermos isto estamos a dar a outros a oportunidade de reutilizar. Caso não o façamos e as coloquemos no lixo, estamos a incentivar a produção de resíduos, nocivos para o ambiente, e o gasto de energia pelas estações de tratamento de lixo.

 

 

Criar um Site Grátis    |    Crear una Página Web Gratis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net